domingo, 13 de maio de 2012

O que é “Conjunto de Aterramento Temporário”?

O conjunto de aterramento temporário é um dispositivo utilizado para proteção dos eletricistas durante os trabalhos em redes desenergizadas, cuja finalidade é curto-circuitar e aterrar a rede de distribuição de energia elétrica, contra uma eventual energização acidental.
O sistema de aterramento é formado por um conjunto de “garras” metálicas ligadas a uma haste de cobre, através de condutores. A instalação do conjunto de aterramento deve obedecer aos procedimentos abaixo: 
  1. A haste de cobre deve ser ligada firmemente à terra (aterrada). Em seguida, as garras metálicas devem ser conectadas, separadamente, a cada um dos condutores do circuito em que se vai trabalhar;
  2. Na retirada, após a conclusão dos trabalhos, deve se desligar em primeiro lugar as “garras” presas em cada condutor do circuito e, em seguida, a extremidade ligada a terra;
  3. A quantidade de conjuntos de aterramento temporário a serem instalados dependerá da configuração da rede, ou seja, garantir o aterramento a montante (antes) e a jusante (após) do local que o eletricista deve trabalhar.
Ressaltamos que é de suma importância à realização desses procedimentos de instalação e retirada do equipamento, que conjuntamente com o aterramento das redes, são indispensáveis para segurança dos eletricistas que atuam no sistema de distribuição.

Nenhum comentário: