domingo, 17 de outubro de 2010

Por que os pássaros não morrem ao pousar em um fio da rede primária de distribuição?

Esta pergunta foi feita de “supetão” por um dos nossos colegas, para mim. Então resolvi responder para todos. O interessante é que esse é o princípio da tecnologia utilizada para manutenção em RD energizada.

Quando um pássaro pousa na rede elétrica os seus dois pés ficam apoiadas no mesmo fio. Nessa posição, não passa nenhuma corrente pelo corpo do pássaro e ele pode descansar. O que faz a corrente elétrica fluir através de um copo é a diferença de potencial (tensão) entre dois pontos.

A situação é diferente quando o pássaro toca qualquer parte do corpo em outro lugar enquanto mantém os pés no fio. Se ele encostar a asa em outra parte da rede elétrica, por exemplo, o poste e continuar usando a fio como apoio a diferença de potencial (tensão) pode chegar a 7600 volts. Isso geraria uma corrente violenta, capaz de transformar o pobre animal em uma porção bem torrada de passarinho.

É justamente por esse motivo que os eletricistas que fazem a manutenção nas redes elétricas de distribuição tomam todos os tipos de precaução enquanto trabalham - a principal delas é manter uma distância segura das partes energizadas na hora do conserto, como também isolar todas as partes das redes que possa ter contato acidental.

Nenhum comentário: