domingo, 6 de janeiro de 2013

Quando reformar a instalação elétrica de sua residência?


Ao perceber aquecimento dos interruptores e tomadas, se as lâmpadas ou outros equipamentos deixam de funcionar e depois voltam, sem que ninguém mexa neles e a conta de energia apresenta elevação significativa sem motivos, chegou o momento de contratar um profissional especializado para verificar as instalações elétricas da sua residência.
Em geral, as instalações antigas estão mais propensas a apresentar defeitos. É importante lembrar que há alguns anos atrás, não existiam micro-ondas, dvd’s, home theater e nem blu-ray player. Ou seja, naquela época estavam dimensionadas para suportar poucos aparelhos ligados. Com o avanço tecnológico e a facilidade de crédito, as residências ganharam modernidade, aumentaram o consumo de energia, mas as instalações continuaram as mesmas, embutidas nas paredes.
A partir do ano de 2009, no Estado de São Paulo, tornou-se obrigatória a avaliação das instalações elétricas e a sua liberação é fornecida pelo Corpo de Bombeiros. Conheça os itens que são avaliados:
1.     Se há um projeto da instalação elétrica ou reforma e está de acordo com o que foi instalado;
2.     As caixas de ligação devem estar sempre tampadas;
3.     Os produtos e dispositivos de proteção (disjuntores, fios e cabos, reatores e lâmpadas fluorescentes, interruptores e tomadas) devem possuir o selo do IMMETRO;
4.     As emendas dos fios e cabos não podem estar dentro de eletrodutos. Devem estar sempre dentro das caixas de passagens, e bem isoladas;
5.     As tomadas precisam ser do tipo com contato de aterramento, ou seja, dois pólos e terra, conforme exigido pela NBR 14136;
6.     O fio terra deve estar instalado em todas as tomadas e nos pontos de iluminação e deve ser com capas nas cores verdes e amarela, ou simplesmente verdes;
7.     Os circuitos de iluminação não devem estar com os circuitos que atendam às tomadas, somente em casos especiais;
8.     Os circuitos de iluminação devem ser instalados com fio de secção maior ou igual a 1,5 mm2;
9.     Os circuitos de tomadas de uso geral devem ser instalados com fio de secção maior ou igual a 2,5 mm2;
10.  É necessário ter pelo menos um Dispositivo Residual (DR) de 30 mA instalado no quadro de distribuição;
11.  Se existe algum condutor neutro sendo utilizado como condutor de proteção (fio terra), neste caso deve ser eliminado;
12.  Os eletrodutos devem possuir folga de aproximadamente de 50% em seu interior após a passagem dos condutores;
13.  O quadro de distribuição deve possuir proteção para que os usuários não tenham acesso às partes vivas;
14.  O quadro de distribuição não deve ser construído com material combustível como madeira, por exemplo, e deve ser identificado na parte externa;
15.  O quadro de distribuição deve estar localizado longe de áreas molhadas, fonte de gás e tem de estar desobstruído para fácil acesso;
16.  Os dispositivo de proteção (disjuntores, fusíveis e DRs) devem possuir identificação para que o usuário identifique a que circuito cada proteção pertence;
17.  A cor do fio neutro deve ser sempre azul-clara;
18.  Teste o DR acionando o botão teste. Este deve interromper a passagem da corrente elétrica;
19.  Verifique a continuidade do condutor de proteção, dos equipamentos até a haste de aterramento;
20.  Verifique se a haste de aterramento existe e não estar danificada e se está conectado o fio terra.
21.  Verifique se não há fios soltos no piso, nas paredes, no teto, mesmo que sobre forros ou revestimentos;
22.  Verifique o funcionamento operacional das instalações, e se não há algum componente visualmente danificado; Troque-o.
Agora que você conhece os itens de avaliação das instalações elétricas, aproveite e faça uma inspeção na sua residência. A prevenção ainda é mais barata que o conserto dos estragos !!!

Um comentário:

Apenas um olhar disse...

Olá! Em uma residência antiga, que existe "piques" constantes de energia (a luz fica mais fraca por alguns segundos mas não chega a apagar. O que se deve fazer de início? A troca do padrão ou a fiação? ou outra coisa?

http://apenasumolhar-engenharia.blogspot.com.br/