domingo, 19 de janeiro de 2014

Prof. Cide explica o que é Co-geração.



Co-geração é definida como o processo de transformação de uma forma de energia em mais de uma forma de energia útil, normalmente são a energia mecânica (movimentar máquinas, equipamentos e turbinas de geração de energia elétrica) e a térmica (geração de vapor, frio ou calor).

Para exemplificar o processo de co-geração, apresentamos uma caldeira que utiliza como fonte primária de energia a queima do bagaço e/ou a palha da cana para produzir vapor em alta pressão, com temperatura superior ao ponto de ebulição da água. A liberação desse vapor ocorre através de sistemas mecânicos que o transfere para os processos industriais, como também para o acionamento das turbinas, que vão gerar energia elétrica. O ciclo se completa com o retorno do vapor condensado à caldeira, para ser novamente aquecido.

É bom salientar que a co-geração apresenta alta eficiência energética, pois não há o desperdício de energia térmica, e essa energia é utilizada em processos industriais, como secagem, evaporação, aquecimento, cozimento, destilação e etc. Podendo ainda, produzir mais duas fontes de energia: a mecânica e elétrica.

Segundo o Balanço Energético Nacional (2013), a oferta interna de energia renováveis na matriz energética brasileira é de 42,4%, a partir da utilização de lenha de carvão vegetal (9,1%), bagaço de cana-de-açúcar (15,4%), hidráulica e eletricidade (13,8%) e outras renováveis (4,1%). Na produção de energia elétrica o setor elétrico brasileiro, emite 6 vezes menos CO2 que o europeu, 7 vezes menos do que o setor elétrico americano e 11 vezes menos do que o chinês, para produzir 1 TWh. (Fonte: Balanço Energético Nacional 2013 – Ano base 2012)

Nenhum comentário: